Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=025036 []
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
Cartaz
O PRINCÍPIO DO PRAZER
Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, COR, 90min, 2.470m, 24q, Eastmancolor

Data e local de produção
Ano: 1979
País: BR
Cidade: Paraty
Estado: RJ


Certificados
Certificado de Produto Brasileiro 296, de junho de 1979.Censura 18 anos.
Data e local de lançamento
Data: 1979.09.30; 1979.09.22; 1979.12.03
Local: Brasília, DF; São Paulo, SP; Rio de Janeiro, RJ


Circuito exibidor
Exibido em São Paulo a 22.11.1980, no Marrocos e no Augustus.
Exibido no Rio de Janeiro a 03.12.1979, no Pathé, no Paratodos, no Art-Copacabana, no Lido I, no Art-Madureira, no Art-Tijuca e no Rio-Sul.
Sinopse
"Em meados da década de trinta deste século, na aristocrática cidade de Paraty, quatro irmãos, por opção ou necessidade, arrendam uma fazenda. A cidade vive num profundo clima de decadência e os irmãos, dois casais, se entregam a uma vida de ócio e prazer, recheada de magias e rituais sexuais incestuosos. Otávio, Mário, Norma e Ana vivem uma existência à parte, isolados das demais pessoas da cidade e, na fazenda, relacionam-se com os empregados de uma maneira opressiva e ameaçadora. Entretanto, um mistério maior cerca a vida dos irmãos e talvez seja a causa do equilíbrio desse estranho relacionamento: a criação de um ser (um monstro?) em cativeiro, numa das dependências da fazenda. A chegada de Álvaro, um novo empregado, vai desencadear o medo e a insegurança de que o estranho mistério seja revelado e chegue ao conhecimento dos habitantes da cidade. Tentando conquistá-lo, seus patrões oferecem-lhe participação em seus jogos de prazer. Álvaro apaixona-se por uma das irmãs, Ana, e esta, depois de um rápido envolvimento, descarta-o, pois nutre um romance às escondidas, com um barqueiro da cidade, de quem espera ajuda para fugir dali. Por causa do misterioso monstro, do qual só se ouvem ruídos, um casal é morto na fazenda. Álvaro descobre o crime e essa descoberta altera o destino dos quatro irmãos." (Extraído de Press-release)
Gênero
Drama
Termos descritores
Fazenda; Sexo; Crime
Termos geográficos
Paraty - RJ
Produção
Companhia(s) produtora(s): Filmes de Paraty Produções Cinematográficas; Nelsom Estúdios
Produção: Lacerda, Luiz Carlos
Direção de produção: Caetano, Rossy
Produção executiva: Gastal, Ângelo Secco
Produtor associado: Mascarenhas, Eduardo; Higino, Raymundo; Magalhães, Luiz Antônio

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): Embrafilme - Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Argumento/roteiro
Argumento: Lacerda, Luiz Carlos
Roteiro: Lacerda, Luiz Carlos; Higino, Raymundo; Magalhães, Luiz Antônio


Direção
Direção: Lacerda, Luiz Carlos
Assistência de direção: Gastal, Ângelo Secco
Continuidade: Martins, Marina

Fotografia
Direção de fotografia: Otero, Gilberto
Câmera: Otero, Gilberto
Assistência de câmera: Elias, Cezar

Som
Engenharia de som: Lins, Jaceguay

Dados adicionais de som
Efeitos sonoros: José, Geraldo
Som guia: Silva, Alcino

Montagem
Montagem: Higino, Raymundo

Direção de arte
Figurinos: Paraty, Júlio
Cenografia: Paraty, Júlio

Locação: Paraty - RJ
Identidades/elenco:
Lara, Odete (Norma)
Villaça, Paulo (Otávio)
Miranda, Ana Maria (Ana)
Magalhães, Luiz Antônio (Mário)
Riccelli, Carlos Alberto (Álvaro)
Parente, Nildo
Maia, Nuno Leal
Diniz, Lígia
Freyre, Maria Thereza
Kleber, José
Arcanjo, Gabriel
Mury, Mazinho
Bem, José Rubem de

Conteúdo examinado: N
Fontes utilizadas:
CB/Ficha Filmográfica
CB/Documentação Diversa, D 622/1 - press-release
Guia de Filmes, 79
O Estado de S. Paulo, 21.09.1980
Jornal do Brasil, 02.12.1979
ALSN/DFB-LM
Observações:
ALSN/DFB-LM grafa alguns dos nomes do elenco <Freire, Maria Teresa>, <Archanjo, Gabriel> e adiciona ao elenco <Zeca, Zé>.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa avançada   
Pesquisar por : Pesquisa simples   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH powered by WWWISIS