Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=024827 []
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
O SEXUALISTA

Outras remetências de título:
QUANTO MAIS DURO MELHOR
Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, COR, 106min, 24q, Eastmancolor

Data e local de produção
Ano: 1975
País: BR
Cidade: São Paulo
Estado: SP


Certificados
Censura 18 anos.Certificado de Censura 87.224, de 22.06.1975 válido até 22.06.1980.Certificado de obrigatoriedade do filme brasileiro de longa metragem 248 de 16.10.1975.
Data e local de lançamento
Data: 1976.10.01
Local: São Paulo


Sinopse
"Seu Casemiro está muito doente, à beira da morte. Ele chama por seu único sobrinho, Fábio. Ninguém sabe do paradeiro do rapaz. A empregada da casa nunca o viu. Fábio é um escritor pobre e desempregado, que acabou de ser despejado de onde mora. Ele consegue um trabalho de dicionarista, para elaborar um dicionário do sexo. Como não tem casa, não tem onde escrever. O editor só lhe dará um adiantamento depois de dez páginas prontas. Fábio vai viver no Bordel de Zizica, onde é muito querido. A polícia aparece por lá e leva todo mundo preso. Na cadeia o delegado manda chamá-lo, porque recebeu um telex procurando por notícias suas, por causa do tio moribundo. Seu Casemiro tem muitas ações da Petrobras e está milionário. O rapaz herdará esta fortuna. Fábio passa a morar com o tio. De uma hora para outra o doente tem uma súbita melhora e volta a gozar de boa saúde. O sobrinho, contando com a herança, propusera sociedade a vários comerciantes locais e tenta apressar a morte do tio, com muitos exercícios físicos e feijoadas noturnas. Um vizinho rico e inescrupuloso, da alta sociedade, lhe convida para uma festa, a fim de apresentar-lhe a sobrinha. Eles estão de olho em sua herança. Fábio passa a namorar a vizinha rica. Apesar de tudo, ele continua a escrever seu dicionário erótico. Ele quer levar seu tio para uma noitada. Procura Gina, sua ex-amante, que se propõe a apresentar-lhes Candy. Casemiro e o sobrinho vão até a boate, onde a moça faz shows. Gina e Fábio vão embora e deixam o velhote com Candy. Casemiro só volta para casa no dia seguinte. Ele se apaixona pela moça. Ela lhe propõe casamento. Fábio está prestes a perder a herança. Ele vai desabafar com o tio da namorada que passa a não aprovar mais o namoro. A moça também não o quer mais. No dia do casamento de Casemiro, Candy é desmascarada. Ela é um travesti. Tio e sobrinho partem de navio para uma viagem à Europa, acompanhados da cafetina Zizica e algumas prostitutas, que intentam cansar o velho, para ver se ele finalmente morre". (Resumo da cópia)
Gênero
Comédia; Erotismo
Termos descritores
Medicina; Economia; Sexo
Descritores secundários
Saúde; Literatura; Casamento
Termos geográficos
SP
Produção
Companhia(s) produtora(s): GIC - Grupo Internacional Cinematográfico S.A.
Produção: Adamiu, Alexandre
Assistência de produção: Pinto, José Roberto; Reschialini, Alfio; Gigliotti, Cecílio; Mari, Jurandir; Fortes, Nabor Rodrigues

Produção - Dados adicionais
Gerente de produção: Merlucci, Milton

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): Paris Filmes Produção e Distribuição Cinematográfica Ltda.

Argumento/roteiro
Argumento: Rey, Marcos
Roteiro: Eccio, Egydio; Rey, Marcos


Direção
Direção: Eccio, Egydio
Assistência de direção: Grechi Filho, José
Continuidade: Narciso, Regina Maria

Fotografia
Direção de fotografia: Meliande, Antônio
Câmera: Meliande, Antônio
Assistência de câmera: Reis, Miro
Fotografia de cena: Carvalho, Magno
Trucagens: Picchi, Paulo

Dados adicionais de fotografia
Eletricista: Ravagnoli, Antonio; Ferreira, Mário Pauli

Som
Técnico de som: Oliveira, Benedicto de
Som direto: Egydio, Caio

Dados adicionais de som
Som guia: Egydio, Caio
Assistente de som: Santos, Carlos dos; Bonfim, Carlos

Montagem
Montagem: Eccio, Egydio

Direção de arte
Letreiros: Caffé, Miécio

Dados adicionais de direção de arte
Contra-regra/acessórios de cenografia: Tuca
Maquiagem: Prevato, José Roberto
Guarda-roupeira: Silva, Ivaneti Joaquim

Identidades/elenco:
Ribeiro, Agildo (Fábio Mendonça)
Fernandes, Nadyr (Gina)
Cazarré (Casemiro)
Campos, Sebastião (Anselmo)
Mello, Maracy
Cardoso, Osmano
Brah, Lola (Zizica)
Leão, Joshey
Kohler, Lúcia Mello
Baptista, Xandó
Afonso, Kleber
Marques, Yara
Weiss, Arnaldo
Motta, Sandoval
Cavagnoli Netto
Bruni, Mário
Junqueira, Nieta
Cuberos Netto
Masiero, João
Meli, Carla
Couto, Malu
Froes, Célia
Ramona
Costa, Ethel
Shell
Ribeiro, Nice
Galhardo, Suely
Cunha, Cleri
Demtschuk, Romeu
Edson, Dori
Amália, Maria
Tuca
Américo, Pedro
Ribaldo, Wilson
Gutierrez, Manoel
Cardoso, Antônio
Salvador, Eleu
Nelson Neto
Willy
Ribeiro, Arilton
Cardoso, Saul
Damião, G. B.
Roberto, José
Paula, Nídia de
Apresentando:
Rogéria(Candy)
Participação especial:
Cosmo, Wanda(Dona Amália)

Conteúdo examinado: S
Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Guia de Filmes, 64
Brasil Cinema, 1975
CB/EMB-110.1-00087
Fontes consultadas:
ACPJ/II
Observações:
CB/EMB-110.1-00087 informa que o projeto do filme foi enviado à <Embrafilme> em 1974 sob o título <QUANTO MAIS DURO MELHOR>. No entanto, em 26.11.1975 o produtor pede o cancelamento do pedido de financiamento pois conseguiu realizar o filme com recursos próprios.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa avançada   
Pesquisar por : Pesquisa simples   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH powered by WWWISIS