Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=018645 []
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
Cartaz
O BRAVO GUERREIRO
Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, BP, 80min, 2.190m, 24q

Data e local de produção
Ano: 1969
País: BR
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: GB


Sinopse
"Miguel Horta, jovem deputado da oposição, decide mudar de partido para se infiltrar no governo por julgar que só dentro do poder é que poderia fazer alguma coisa pela causa pública. Um dia recebe em casa a visita de um cabo eleitoral dizendo que pelêgos estão tentando derrubar a diretoria do sindicato, tendo por motivo um projeto de lei de sua autoria. Apesar dos apelos de Clara, sua mulher, Miguel vai para o sindicato, onde os trabalhadores estão reunidos em assembléia geral. Quando o presidente do sindicato consegue superar a situação, Miguel faz um discurso narrando toda a sua trajetória política e termina dizendo que não é mais o indicado para defender os sindicalizados. De volta ao lar, percorrendo a casa vazia, vai até a escrivaninha, pega um revólver e encosta o cano no céu da boca." (Guia de Filmes, 21)
Gênero
Drama
Termos descritores
Política; Golpe Militar de 1964
Prêmios
Prêmio especial pela contribuição ao moderno cinema brasileiro no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, 16, 1968, DF.
Prêmio Comunicabilidade e Melhor Diálogo - Festival de Belo Horizonte, 1969 Belo Horizonte - MG.
Melhor direção para Dahl, Gustavo; e prêmio da crítica no Festival do Cinema Brasileiro de Belo Horizonte, 1, 1968, MG.
Melhor Fotógrafo - Beato, Affonso - Troféu Coruja de Ouro, 1969 - INC
Produção
Companhia(s) produtora(s): Difilm - Distribuição e Produção de Filmes Brasileiros Ltda.; Saga Filmes Ltda.
Produção: Dahl, Gustavo; Kantor, José
Direção de produção: Higino, Raimundo
Assistência de produção: Carvalho, Almir

Produção - Dados adicionais
Financimento/patrocínio: Comissão de Auxílio à Indústria Cinematográfica CAIC - GB; Banco Nacional de Minas Gerais; Banco Mineiro S.A.; Banco Irmãos Guimarães

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): Difilm - Distribuição e Produção de Filmes Brasileiros Ltda.

Argumento/roteiro
Argumento: Dahl, Gustavo; Azevedo Neto, Roberto Marinho de
Roteiro: Dahl, Gustavo; Azevedo Neto, Roberto Marinho de
Diálogos: Dahl, Gustavo; Azevedo Neto, Roberto Marinho de


Direção
Direção: Dahl, Gustavo
Co-direção: Calmon, Antônio
Continuidade: Lopes, José Alberto

Fotografia
Direção de fotografia: Beato, Afonso
Assistência de fotografia: Stein, Ricardo
Câmera: Beato, Afonso
Fotografia de cena: Fonseca, Luiz Fernando Borges da

Som
Direção de som: Della Riva, Carlos; Goulart, Walter
Engenharia de som: Riva, Carlos Della
Efeitos especiais de som: Dahl, Gustavo

Dados adicionais de som
Efeitos sonoros: Goulart, Walter

Montagem
Montagem: Escorel, Eduardo
Edição: Luz, Sérgio

Direção de arte
Letreiros: Dahl, Gustavo

Identidades/elenco:
Pereio, Paulo César (Miguel Horta)
Lago, Mário (Augusto, senador do Partido Nacional)
Rossi, Ítalo (Conrado Frota, chefe do Partido do Povo)
Ladeira, Cézar (Virgílio, chefe do Partido Nacional)
Dahl, Maria Lúcia (Clara, mulher de Miguel)
Guerreiro, Josef (Honório, presidente do Sindicato)
Melo, Angelito (Governador)
Vitor, Antônio (Ferreira, chefe do Partido Radical)
Zingg, David (O'Finney, senador americano)
Pêra, Abel (Professor, jurista)
Gonçalves, Milton (Sindicalista)
Freitas, José de (Deputado do Partido Radical)
Isabela (Linda, mulher de Conrado)
Gracindo, Paulo (Péricles, político)
Carvana, Hugo (Pelêgo)
Thiré, Cecil (Líder estudantil)
Vereza, Carlos (Rodrigues, intelectual católico)
Renatão (Deputado do Partido Radical)
Carnera, Antônio (Sindicalista)

Conteúdo examinado: S
Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Guia de Filmes, 21
RG/Filmografia
FBR/4
FBR/16
Embrafilme/Catálogo 1986
CA/AF
Fontes consultadas:
ACPJ/II
Observações:
ACPJ/II indica música de <Usai, Remo>.
Os letreiros do filme indicam apenas a <Difilm>. A fonte não inclui no elenco: Renatão, como Deputado do Partido Radical e Antônio Carnera como Sindicalista. Os letreiros indicam película <Orwo>.
FBR/4 grava <Kantor, Joe> na produção.
Participou do <Festival de Brasília, 4, 1968>, Brasília - DF.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa avançada   
Pesquisar por : Pesquisa simples   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH powered by WWWISIS