Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=017102 []
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
OS DOIS LADRÕES
Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, BP, 87min, 2.400m, 24q, Westrex

Data e local de produção
Ano: 1960
País: BR
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: DF


Certificados
Censurado em 21.10.1960, 15 cópias, 100m, trailer.Certificado de Censura Federal n. 8756, Livro 1, recensurado em 19.11.1962, 7 cópias, 16mm, 1.061m.Certificado de Censura Federal n.8755, Livro 1, recensurado em 19.11.1962, 7 cópias, 16mm, 50m, trailer.Certificado de Censura Federal n.27.391, Livro 5, recensurado em 04.01.1966, 15 cópias, 35mm, 2.400m.Certificado de Censura Federal n.27.390, Livro 5, recensurado em 04.01.1966, 15 cópias, 35mm, 100m, trailer.Certificado de Produto Brasileiro: B0500252400000 de 15.04.2005.
Circuito exibidor
Exibido em São Paulo a 14.08.1961, no Marrocos.
Sinopse
Jonjoca e Mão Leve são dois hábeis bandidos, sendo o primeiro um mestre do disfarce e o segundo um ladrão que ajuda instituições de caridade. Juntos conseguem roubar as joias de madame Fortuna, e em seguida as vendem para Gregório, um receptador sem escrúpulos. Roberto, o irmão de Mão Leve, retorna subitamente da universidade e anuncia casamento. Enquanto isso, a dupla de ladrões realiza outro golpe. Roberto confirma o casamento para seu irmão Mão Leve e acrescenta que a lua-de-mel será custeada pelas joias herdadas por Teresinha, a noiva do rapaz e sobrinha de madame Fortuna. Disposto a não atrapalhar a felicidade do irmão, Mão Leve decide devolver as joias roubadas e tenta desfazer o negócio com Gregório, mas o receptador recusa-se terminantemente. Mão Leve decide reavê-las a todo custo e termina detido pela polícia, mas Gregório consegue escapar e embarca em um avião com destino a Recife. A bordo do avião, Jonjoca, disfarçado de freira, recupera a maleta com as joias e salta de paraquedas. Elas são devolvidas, Mão Leve desiste da carreira de ladrão e os noivos partem felizes para sua lua-de-mel.
Gênero
Comédia
Termos descritores
Crime, Espionagem, Filantropia
Descritores secundários
Roubo, Jóia, Assalto
Termos geográficos
Rio de Janeiro - RJ, Baía de Guanabara, Rio de Janeiro -RJ
Produção
Companhia(s) produtora(s): Atlântida Empresa Cinematográfica do Brasil S.A.
Produção: Farney, Cyll
Direção de produção: Farney, Cyll

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): U.C.B. - União Cinematográfica Brasileira S.A.

Argumento/roteiro
Argumento: Cajado Filho
Roteiro: Cajado Filho


Direção
Direção: Manga, Carlos
Assistência de direção: Cherques, Sanin
Continuidade: Lester, Arlete

Fotografia
Direção de fotografia: Sermet, Ozen
Câmera: Gonçalves, Antônio
Fotografia de cena: Valentin, Augusto
Cinegrafista: Gonçalves, Antônio

Dados adicionais de fotografia
Eletricista: Neves, Victor

Som
Direção de som: Viana, Aloisio

Dados adicionais de som
Operador de microfone: Eurides, Paulo

Montagem
Montagem: Noya, Waldemar
Edição: Noya, Waldemar

Direção de arte
Figurinos: Aelson
Cenografia: Cajado Filho

Dados adicionais de direção de arte
Contra-regra/acessórios de cenografia: Silva, Vinicius
Montagem de cenário: Monteiro, Wilson
Maquiagem: Carias, Paulo; Campesatto, Raymundo
Costureira: Santos, Euracy

Música
Música: Gnatalli, Alexandre
Direção musical: Gnatalli, Alexandre

Dados adicionais de música
Título da música: Meia canha
Música de: Melo, Dilú e Chaves, Ovídio

Identidades/elenco:
Oscarito (Jonjoca)
Farney, Cyll (Mão Leve)
Costa, Jayme (Panariço)
D'Ávila, Ema (Mme. Fortuna)
Alvarez, Irma (Leninha)
Jayme Filho
Roberto, Sergio (Roberto)
Clever, Lenita (Teresa)
Grijó Sobrinho
Maia, Waldir
Iório, Átila (Delegado)
Iório, Adélia
Karan, Adonis
Reis, Bruno
M., Chiquinho
Grimaldi, Eduardo
Francis, Gladys
Mosquera, Gabriel
Tozzi, Gilberto
Vidal, Joel
Góes, Laert de
Cezar, Mário
Marinho
Henrique, Márcio
Kapp, Nelson
Cardona, Oscar
Soldi, Sílvio
Belmonte, Sérgio
Berckirchner, Rodolfo
Jorge, Walter
Viana, Waldemar
Participação especial:
Todor, Eva(Mme. Gaby)

Conteúdo examinado: S
Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
SA/EMP
FCB/FF
CENS/I
Certificado de Censura Federal
Fontes consultadas:
JN/Imigrantes - Húngaros II
JN/Imigrantes - Espanhóis II
ACPJ/I
ALSN/DFB-LM
O Dia, 21.03.1961
Jornal do Comércio, 05.01.1961
O Estado de S. Paulo, 04.10.1960
Site, Ancine, disponível em: http://sad.ancine.gov.br/obrasnaopublicitarias/pesquisarCpbViaPortal/pesquisarCpbViaPortal.seam, acesso em: 22.01.18.
Observações:
Os letreiros informam: "Qualquer semelhança com fatos, pessôas e nomes da vida real é mera coincidência."
ACPJ/I indica <DOIS LADRÕES> como título e no elenco acrescenta <Valentim, Augusto>; <Callas, Aurea>; <Cruz, Fernando>; <Santiago, Disa>; <Olivier, Francete>; <Savino, Tonio>; <Petar, Maria>; <Maia, Waldir>; <Peçanha, Teda> e <Lopes, Terezinha>.
ALSN/DFB-LM chama Jayme Filho de <Moreira Filho, Jaime>.
Algumas partes dos letreiros do filme possuem defeitos causando dúvidas quanto à grafia correta do nome de Eduardo Grimaldi no elenco, o nome completo de Ovídio Chaves e as funções de Cajado Filho.
Outras fontes grafam o nome de Aluizio Viana como <Viana, Aloisio>.
As seguinte funções/informações e seus respectivos profissionais encontrados nesta ficha técnica foram apontados pelas fontes utilizadas exceto pelos letreiros do filme: produtor, distribuição, continuidade, argumento, roteiro, câmera, montagem, música (genérico) e censuras. Inclue-se os personagens.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa avançada   
Pesquisar por : Pesquisa simples   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH powered by WWWISIS