Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=016479 []
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
O HOMEM DO SPUTNIK
Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, BP, 97min53seg, 2.770m, 24q, Eastman, 1:1'66

Data e local de produção
Ano: 1959
País: BR
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: DF


Certificados
Certificado de Censura Federal 48.172.Certificado de Censura Federal 48.061, de 23.05.1960, 7 cópias, trailer, livre.Recensurado em 14.05.1964, 15 cópias.Recensurado em 14.05.1964, 20 cópias, 117m, trailer.Recensurado em 15.12.1964, 1 cópia, trailer.Certificado de Produto Brasileiro: B0500250200000 de 11.04.2005.
Circuito exibidor
Exibido em São Paulo a partir de 07.12.1959, no Art-Palácio, Bandeirantes, Esmeralda, Picolino, Arlequim, Liberdade, Nacional, Sabará, Universo, Piratininga, Brasil, Lins, Anchieta, Roma e Júpiter; a partir de 09.12.1959, no Astral, São Pedro, Patriarca, Rialto, Paris, Maracanã e Estrela; a partir de 10.12.1959, no Sol; a partir de 28.12.1959, no Broadway.
Sinopse
O casal de caipiras comerciantes de ovos, Anastácio e Cleci, são surpreendidos por um estrondo em seu galinheiro. Anastácio encontra entre suas galinhas um globo metálico. No dia seguinte, Cleci lê no jornal sobre o acidente com o satélite russo Sputnik e reconhece na fotografia um objeto semelhante ao que caiu em seu quintal. Anastácio leva o globo à casa de penhores e mostra-o para a funcionária Dorinha. Ela liga para o jornal onde trabalha seu namorado, Nelson, e lhe conta o fato. Alberto, jornalista inescrupuloso, ouve a conversa entre o casal e conta a novidade ao chefe do jornal. Nelson vai ao encontro de Anastácio e pede a ele que esconda o objeto. Anastácio coloca-o dentro do poço. A notícia de que o Sputnik caiu no Brasil vira primeira página dos jornais. Anastácio e Clecy se transformam em celebridades. Hospedam-se no Copacabana Palace, onde recebem propostas de grupos de russos, americanos e franceses que tentam seduzir Anastácio, apresentando-lhe a cantora francesa Bebe. Os interesses desmedidos dos estrangeiros pelo satélite levam os dois à loucura. Anastácio é raptado pelos franceses e Nelson pelos americanos. Fogem e voltam para a casa de Anastácio. Russos, americanos e franceses os seguem, disputando o valioso troféu, que ninguém sabe onde está. Anastácio revela o local onde o Sputnik se encontra e todos se alvoroçam. Não encontram nada no poço. Ao passar pelo local, o sacristão diz que pegou o Sputnik e transformou-o em pára-raios para a igreja. Os agentes estrangeiros partem decepcionados e Anastécio Cleci voltam para casa, mas se deparam com o verdadeiro Sputnik que acabara de cair no galinheiro.
Gênero
Comédia
Termos descritores
Espionagem; Astronomia; Comportamento social
Descritores secundários
Caipira; Sputink
Termos geográficos
Copacabana Palace, Rio de Janeiro - DF; Praia de Copacabana, Rio de Janeiro - DF; Avenida Atlântica, Copacabana, Rio de Janeiro - DF
Prêmios
Prêmio Associação Brasileira dos Cronistas Cinematográficos, 1959 de Melhor Atriz Secundária para Bengell, Norma..
Prêmio de Melhor Diretor e Melhor Argumento para Cajado Filho, José no Festival do Distrito Federal, 7, 1959, GB.
Produção
Companhia(s) produtora(s): Atlântida Empresa Cinematográfica do Brasil S.A.
Produção: Farney, Cyll
Direção de produção: Costa, Abel Teixeira; Farney, Cyll

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): U.C.B. - União Cinematográfica Brasileira S.A.

Argumento/roteiro
Argumento: Cajado Filho, José
Roteiro: Cajado Filho, José


Direção
Direção: Manga, Carlos
Assistência de direção: Cherques, Sanin
Assistência de continuidade: Lester, Arlete

Fotografia
Direção de fotografia: Sermet, Ozen
Assistência de câmera: Araújo, José Assis
Cinegrafista: Gonçalves, Antônio

Dados adicionais de fotografia
Eletricista: Neves, Victor

Som
Técnico de som: Vianna, Aloysio
Sonografia: Vianna, Aloysio

Dados adicionais de som
Operador de microfone: Eurides, Paulo

Montagem
Montagem: Noya, Waldemar
Edição: Noya, Waldemar

Direção de arte
Figurinos: Aelson
Cenografia: Cajado Filho, José

Dados adicionais de direção de arte
Contra-regra/acessórios de cenografia: Silva, Vinicius
Montagem de cenário: Monteiro, Wilson; Macedo, Benedito
Maquiagem: Carias, Paulo; Campesatto, Raymundo
Costureira: Santos, Euracy

Música
Música: Gnatalli, Radamés
Trilha musical: Gnatalli, Radamés

Dados adicionais de música
Regente Maestro: Gnatalli, Alexandre

Orquestração: Gnatalli, Alexandre

Canção
Título: Mademoiselle Bebé
Autor da canção: Marnet, Bruno

Identidades/elenco:
Oscarito (Anastácio)
Farney, Cyll (Nelson e Jacinto Pouchard)
Macedo, Zezé (Cleci)
Aparecida, Neide (Dorinha)
Perez, Alberto (Alberto jornalista)
Bengell, Norma (Bebe)
Helena, Heloísa (Dondoca)
Ferreira, Hamilton (chefe dos espiões soviéticos)
Soares, Joe (espião americano)
Gamboa, Geraldo
Labanca, João
Cristian, Diego
Tozzi, Luiz Gilberto (monsieur Ping Pong)
Viola, César
Braga, Ernesto
Montemar, Nestor
Nascimento, Abdias do (Pacheco)
Pêra, Abel
Fregolente
Grijó Sobrinho (monsieur Rififi)
Gomes, Hilton
Pozzolli, Joméri
Galano, Laura
Acyr, Maria
Grey, Denys
Blanche, Riva
Roberto, Sergio
Tutuca

Conteúdo examinado: S
Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-cat
CB/Anuário, P.2/47-49
CB/FIBRA
SA/EMP
CENS/I
Programadora Brasil/5
Certificado de Censura Federal
Site, Década de 50, disponível em: http://decadade50.blogspot.com/2006/09/o-homem-do-sputnik-o-ltimo-suspiro-da.html, acesso em 15.07.2010
CA/AF
Site, Ancine, disponível em: http://sad.ancine.gov.br/obrasnaopublicitarias/pesquisarCpbViaPortal/pesquisarCpbViaPortal.seam, acesso em: 22.01.18.
Fontes consultadas:
AV/ICB
ACPJ/I
ALSN/DFB-LM
Observações:
ACPJ/I acrescenta: <Lester, Arlete> como anotadora e grafa a canção <Mademoiselle B.B.> de <Marnet, Bruno>. No elenco: <Galeno, Laura> (ao invés de Laura Galano) e inclui <Gamboa, Geraldo>. Indica João Labanca como <Labanca, Angelo>.
CB/Recorte Documentação, P.2/47-49 confirma <Tozzi, Luiz Gilberto> no papel de Monsieur Ping Pong.
CENS/I informa censura em 14.05.1964, 20 cópias, 117m, trailer.
Programadora Brasil/5 informa que a obra participa do <Programa 191>, intitulado <O Homem do Sputnik>. A mesma fonte informa que na época da realização do filme, o famoso satélie russo Sputnik estava em órbita e havia mesmo uma ameaça de que ele viesse a cair sobre a terra.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa avançada   
Pesquisar por : Pesquisa simples   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH powered by WWWISIS