Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=016463 []
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
O BEIJO DA MULHER ARANHA
Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, COR, 120min, 3.205m, 24q, 1:1'37

Data e local de produção
Ano: 1985
País: BR
Cidade: São Paulo
Estado: SP


Certificados
Número do Processo de Entrada no Concine LM-893/86.Certificado de Produto Brasileiro 893, de 31.01.1986.
Data e local de lançamento
Data: 1986. 04.13; 1986. 04.10
Local: São Paulo; Rio de Janeiro


Sinopse
No presídio de um país latino-americano não especificado, dois prisioneiros ensaiam uma difícil convivência. Um deles, Molina, é um homossexual condenado por corrupção de menores. O outro, Valentin, é um militante político, torturado quase que diariamente pelas autoridades que desejam obter informações sobre suas atividades subversivas - são duas personalidades diferentes entre si, cujo único ponto em comum é o de representarem, cada um a seu modo, uma ameaça ao Estado.
Molina, politicamente desinformado, vive num mundo delirante, onde a realidade mistura-se aos filmes que viu e que conta a cada noite. Histórias de heróis e heroínas trágicas, em que os sentimentos predominam sobre qualquer outro valor. Valentin é o militante devotado à sua causa, que denuncia como fraqueza qualquer manifestação de sentimento que não esteja diretamente ligada aos seus ideais políticos. Noite após noite, Molina reconstitui as lembranças de dois filmes.
Um filme Nazi onde a heroína Leni Lamaison, uma cantora francesa apaixonada por um general alemão, é aprisionada pela Resistência. E um outro, no qual Uma Mulher Aranha recolhe e cuida de um náufrago numa ilha deserta.
Os delírios cinematográficos de um e os sofrimentos físicos do outro vão, pouco a pouco, aproximá-los. Neste processo de transferência e de identificação, vão progressivamente eliminando as diferenças, os preconceitos e o medo recíproco, para descobrirem a solidariedade, o respeito mútuo, a dignidade e a amizade. Valentin descobrirá além de suas limitadas convicções políticas o verdadeiro sentido da vida através da emoção, da capacidade de sonhar e de chorar. E Molina, pressionado continuamente pelo diretor do presídio e por um agente de polícia para que obtenha informação sobre as atividades políticas de Valentin, será capaz de renegar um passado indignamente manipulado e coloca em risco sua própria vida em nome dessa amizade.
Termos descritores
Literatura
Descritores secundários
Adaptação para cinema
Prêmios
Oscar de Melhor ator para Hurt, William.
Prêmio de Melhor ator para Hurt, William no Festival de Cannes, 38, 1985 - FR..
Prêmio de Melhor filme no Festival de Oslo, 1985 - NO..
Prêmio Especial do Júri no Festival de Tóquio, 1985 - JP..
Prêmio da Crítica para o Filme e Prêmio Especial do Júri para Hurt, William no Festival de Huelva, 11, 1985 - ES..
Prêmio de Melhor ator para Hurt, Willian e Júlia, Raul da Associação de Críticos de Los Angeles - US.
Produção
Companhia(s) produtora(s): HB Filmes
Produção: Babenco, Hector; Weisman, David
Direção de produção: Monteiro, Liza; Monteiro, Liza
Produção executiva: Ramalho Jr., Francisco
Produtor associado: Ramalho Jr., Francisco; Holzer, Jane; Maiello, Michael; Studio Artes Visuais; Sverner, Jaime; Cena Filmes; Halbreich, Gustavo; Boscoli, Altamiro; Francini, Paulo
Assistência de produção: Silber, René; Carvalho, Murilo; Schertzel, Carla; Veliz, Oscar; Souza, Marçal de

Produção - Dados adicionais
Motorista: Gomes, Hélio; Santos, Manasses dos; Barbosa, Gilmar

Argumento/roteiro
Roteiro: Schrader, Leonard

Estória: Baseada na novela homônima de <Puig, Manuel>

Direção
Direção: Babenco, Hector
Assistência de direção: Claro, Amilcar Monteiro; Tambellini, Flávio R.
Continuidade: Gieco, Alberto

Fotografia
Direção de fotografia: Sanchez, Rodolfo
Assistência de câmera: Daviña, Felipe; Guarani, Odair
Fotografia de cena: Magalhães, Ayrton

Dados adicionais de fotografia
Fotografia da 2. unidade: Kodato, Lucio
Operador de VT: Leone, Cláudio
Chefe eletricista: Medeiros, Jamelão
Eletricista: Ghirardello, Vespa; Padquim, Adalberto; Lampa, José Carlos; Manir, José; Nascimento, José Alves; Moreira Jr., Oswaldo; Gama, Mário Souza; Souza, Antônio Alves; Duarte, João Antônio; Moreira, Wilmar; Carvalho
Maquinista: Padquim, Adalberto; Lampa, José Carlos; Manir, José; Nascimento, José Alves; Moreira Jr., Oswaldo; Gama, Mário Souza; Souza, Antônio Alves; Duarte, João Antônio; Moreira, Wilmar; Carvalho; Rodrigues, Lélio
Auxiliar de maquinista: Esquadrão; Paraná; Nene; Bessa, Durval di; Vavá

Som
Direção de som: Monteiro, Ismael
Engenharia de som: Sasso, José Luiz

Dados adicionais de som
Assistente de som: Baptista, Plinio; Jacovani, Márcio

Montagem
Montagem: Alice, Mauro
Assistente de montagem: Garcia Jr., Galileu; Amaral, Cristina; Dias, Regina; Marin, Sergio
Montagem de som: Gervitz, Roberto

Dados adicionais de montagem
Pré-montagem: Garcia Jr., Galileu; Amaral, Cristina; Dias, Regina; Marin, Sérgio

Direção de arte
Direção de arte: Bueno, Clóvis
Assistência de direção de arte: Stédile, Miqui; Magerowski, Solange
Figurinos: Bisso, Patricio
Cenografia: Crescenti, Felipe
Letreiros: Dawson, Robert
Consultoria de cor: Velecico, Nadia

Dados adicionais de direção de arte
Contra-regra/acessórios de cenografia: Audi, Nanci
Cabelereiro: Moura, Nilda de; Simon, Marco
Maquiagem: Oliveira, Nena de; Pereira, Guilherme
Costureira: Ferreira, Therezinha; Marciano, Jacira
Guarda-roupeira: Kawamura, Marico

Música
Música: Neschling, John

Dados adicionais de música
Título da música: Je me moque de l'amor
Música de: Puig, Manuel e Weisman, David

Identidades/elenco:
Hurt, William (Luis Molina)
Julia, Raul (Valentim Arregui)
Braga, Sônia (Marta/Leni Lamaison/Mulher Aranha)
Lewgoy, José (Diretor do presídio)
Maia, Nuno Leal (Gabriel, o garçon)
Pires, Miriam (Mãe de Molina)
Gonçalves, Milton (Pedro, inspetor de Polícia)
Bisso, Patrício (Greta, amigo de Molina)
Torres, Fernando (Américo, prisioneiro político)
Capri, Herson (Werner)
Dummont, Denise (Michele)
Petrin, Antônio (Capenga)
Parente, Nildo (Mordomo, chefe da resistência)
Grey, Wilson (Surdo)
Falabella, Miguel (Tenente Naz)
Breda, Walter (Agente 1)
Guilherme, Luis (Agente 2)
Barros, Whalmir (Agente 3)
Serra, Luis (Médico do presídio)
Braga, Ana Maria (Lidia, terrorista)
Galizia, Luis Roberto (Enfermeiro)
Cattan, Benjamin (Amigo de Molina)
Barreto, Oswaldo (Amigo de Molina)
Bright, Sérgio (Amigo de Molina)
Curi, Cláudio (Amigo de Molina)
L'Abbate, Andrea (AmigoValentim)
Dias, Lineu (Caixa do banco)
Kantor, Joe (Juiz)
Campos, Pericles (Guarda)
Santos, Edmilson (Guarda)
Vicca, Walter (Guarda)
Kaneko, Kenichi (Guarda)
Schlesinger, Georgers (Contrabandista judeu)
Band, Sylvio (Contrabandista judeu)
Ludmer, Paulo (Contrabandista judeu)
Fariello, Carlos (Contrabandista judeu)
Botelho, Frederico (Contrabandista judeu)
Bisso, Elvira (Mucama)

Conteúdo examinado: S
Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Embrafilme/Lista 86
Concine/86*
CB/Documentação Diversa, D512/3-4 - Press-release e folheto do filme
Fontes consultadas:
Monthly Film Bulletin, v. 53, n. 624, p. 9-10, jan. 1986
Cinemin, n. 22, p. 35-7, mar.-abr. 1986
Roteiro do filme, R839/1-2, 198-
MSP/9
CA/AF
Observações:
CB/Documentação Diversa grafa o nome de Ismael Monteiro (diretor de som ) como <Cordeiro, Ismael>; Marçal de Souza (assistente de produção) como <Souza, Márcia de>. Inclui na equipe adcional do Filme Nazi os assistentes de maquiagem <Tania>; <Irene>; <Francis>; <Renato> e <Paulo>.
Indicado para o <Oscar, 1986> - US, nas seguintes categorias: <Melhor filme>; <Melhor ator> para <Hurt, William> e <Melhor roteiro adaptado> para <Schrader, Leonard>.
Indicado para o <Globo de Ouro> da <Associação de Imprensa de Hollywood, 1986> - US, nas categorias: <Melhor ator> para <Hurt, William> e <Julia, Raul>; <Melhor atriz coadjuvante> para <Braga, Sônia> e de <Melhor filme dramático>.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa avançada   
Pesquisar por : Pesquisa simples   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH powered by WWWISIS