Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=014050 []
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
TREZE CADEIRAS
Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, BP, 102min, 2.800m, 24q

Data e local de produção
Ano: 1957
País: BR
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: DF


Certificados
Censurado a 29.08.1958, 40m, 7 cópias, 16mm, trailer.Recensurado em 27.11.1962, 10 cópias, 2.800m e trailer com 100m e 10 cópias.Certificado de Produto Brasileiro: B0600508500000 de 12.05.2006.
Circuito exibidor
Exibido em São Paulo a partir de 19.08.1957, no Art-Palácio, Broadway, Trianon, Esmeralda, Majestic, Paulista, Cruzeiro, Arlequim, Plaza, Liberdade, Sabará, Lins, São José, Universo, Piratininga, Riviera, Roma e Júpiter; a partir de 21.08, no Astral, Brasil, Paris, Vogue, Maracanã, Nacional, São Pedro e Estrela.
Sinopse
"Um barbeiro de uma pequena cidade do interior é avisado de que sua tia deixara, ao morrer, uma grande residência no Rio de Janeiro. Lá chegando, vê que sua herança se resume apenas em treze cadeiras. Desanimado e sem dinheiro, o provinciano resolve vender as cadeiras na primeira casa de móveis que encontra. No dia seguinte, entretanto descobre que a tia lhe deixara um milhão de cruzeiros, escondidos no estofamento de uma das cadeiras. Ele e sua sócia começam então a busca desesperada das treze cadeiras, já dispersas, pois foram vendidas a donos diferentes. Com os endereços das pessoas que as adquiriram, os dois herdeiros procuram todas as cadeiras, até que, finalmente, justamente na última é que percebem estar o dinheiro. Mas, por engano, a cadeira vai parar num orfanato, onde o dinheiro é recebido com a maior alegria. O pobre barbeiro não se sente com coragem para reclamar sua herança e parte de volta para sua terra, conformado com a sorte de quase ter sido um milionário." (ALSN/DFB-LM)
Gênero
Comédia
Termos descritores
Literatura
Descritores secundários
Adaptação para cinema
Prêmios
Prêmio Governador do Estado de 1957 de Melhor Diretor.
Produção
Companhia(s) produtora(s): Atlântida Empresa Cinematográfica do Brasil S.A.
Direção de produção: Martinelli, Guido

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): U.C.B. - União Cinematográfica Brasileira S.A.

Argumento/roteiro
Roteiro: Cajado Filho

Estória: Baseada no romance <Treze cadeiras> de <Ilf, Ilia> e <Petrov, E.>

Direção
Direção: Eichhorn, Francisco
Assistência de direção: Cherques, Sanin
Continuidade: Lester, Arlete

Fotografia
Direção de fotografia: Eichhorn, Edgard
Câmera: Gonçalves, Antônio

Som
Sonografia: Viana, Aloísio

Dados adicionais de som
Operador de microfone: Gomes, Antônio

Montagem
Montagem: Noya, Waldemar

Direção de arte
Cenografia: Cajado Filho

Dados adicionais de direção de arte
Contra-regra/acessórios de cenografia: Silva, Vinícius

Música
Arranjos musicais: Gnatalli, Alexandre

Dados adicionais de música
Regente Maestro: Frei Beto

Identidades/elenco:
Oscarito (Bonifácio Boaventura)
Fronzi, Renata (Ivone)
Trindade, Zé
Elias, Oswaldo
Macedo, Zezé
Sandrini, Rosa
Grijó Sobrinho
Moreno, Francisco
Ruas, Jesus
Ruas, Alfredo
Dalila
Morais, Duarte de
Rodrigues, Benito
Rodrigues, Alzira
Beinisch, Marisa Macedo
Coro dos Canarinhos
Monsueto e sua escola samba

Conteúdo examinado: S
Fontes utilizadas:
AV/ICB
CENS/I
SA/EMP
ACPJ/I
ALSN/DFB-LM
Site, Ancine, disponível em: http://sad.ancine.gov.br/obrasnaopublicitarias/pesquisarCpbViaPortal/pesquisarCpbViaPortal.seam, acesso em: 24.01.18.
Fontes consultadas:
JN/Imigrantes - Alemães I
JN/Imigrantes - Espanhóis II
Observações:
SA/EMP informa que <Frei Beto> rege o <Coro dos Canarinhos> e indica que o filme foi baseado no romance Treze Cadeiras de Ilia Ilf e E. Petrov, que teve versões cinematográficas russas, americanas e européias, porém AV/ICB indica que o argumento foi baseado no filme alemão homônimo, além do romance citado.
ACPJ/I acrescenta: <Araújo, José A.> como assistente de câmera; <Gomes, Antoni S.> como assistente de sonografia; e no elenco <Smith, Antonio>, <Sherman, Mauricio>, <Beinich> e a <Escola de samba de Frei Leto>.
LFM/DCB informa que nas produções brasileiras <Eichhorn, Franz> assinava como <Eichhorn, Francisco>.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa avançada   
Pesquisar por : Pesquisa simples   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH powered by WWWISIS