Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=013018 []
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
PARAÍBA, VIDA E MORTE DE UM BANDIDO
Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, BP, 79min30seg, 2.401m, 24q, Eastman, 1:1'37

Data e local de produção
Ano: 1966
País: BR
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: GB


Certificados
Censurado em 10.03.1966, 48 cópias, 90m, 35mm, trailer proibido para menores de 18 anos.Censurado em 11.03.1966, 45 cópias, 90m, trailer.Censurado em 24.03.1966, 20 cópias, 2.401m, 35mm, proibido para menores de 18 anos.Censurado em 25.03.1966, 20 cópias, 2.401m, 35mm.Certificado de Produto Brasileiro: B0800894600000 de 29.07.2008.
Sinopse
"Um perigoso marginal, com mais de uma dúzia de mortes no seu prontuário, perseguido pela polícia, consegue localizar a casa onde está trabalhando sua ex-amasia, Angelina, e a executar sem a menor piedade. Depois, sempre disparando seu 38, tenta escapar na escuridão da noite; é, no entanto, alvejado gravemente no ombro por um policial e se refugia no campanário de uma igreja. Imediatamente, chegam reforços policiais, comandados pelo comissário Stelio, que cercam a igreja e mantém o campanário sob vigilância, aguardando o momento em que o marginal tentará sua nova fuga. Essa fuga, agora, um tanto problemática, pois o ferimento recebido por Paraíba é mesmo grave e ali, no campanário, solitário, sentindo-se perdido, Paraíba começa a rememorar sua vida de crimes... Desde o dia que, num bilhar, matou dois policiais que vinham prendê-lo, até o seu cerco no edifício de apartamentos, onde residia um repórter policial que ele também tentava matar; sua fuga, tendo como escudo uma bonita modelo; sua prisão pelo repórter policial; sua nova fuga - desta vez mais espetacular - do próprio xadrez da Delegacia, levando com ele mais três marginais perigosos: Bira, Cigano e Cabeça de Ovo; sua nova série de assaltos, aterrorizando a população da cidade; sua ligação com Clara, uma super-criminal, com uma quadrilha altamente organizada, que induz Paraíba e seus homens a empreenderem um audacioso assalto ao Estádio do Maracanã, no dia do jogo Brasil e Rússia, para se apossarem dos muitos milhões de renda desse jogo; a traição de Angelina, contando à polícia a sua intenção de assaltar o Maracanã, fazendo essa confissão levada pelos ciúmes despertados com as ligações amorosas de Paraíba e Clara; o extermínio da quadrilha, no próprio Maracanã, pela chegada da polícia; e, afinal, sua vingança, conseguindo matar Angelina... Paraíba é um criminoso frio, selvagem sem a menor dose de sentimento. No entanto, em seu coração está encerrado um terrível segredo, que ele acaba, em sua agonia, confessando ao padre da igreja..." (Diário da Noite, 03.05.1966)
Gênero
Policial
Termos descritores
Literatura; Adaptação para cinema
Produção
Companhia(s) produtora(s): Herbert Richers S.A.; Magnus Filmes Ltda.
Direção de produção: Vieira, Adalberto
Assistência de produção: Campello Filho

Argumento/roteiro
Roteiro: Lima, Victor

Estória: Baseada em conto de <Lima, Victor>

Direção
Direção: Lima, Victor
Assistência de direção: Monteiro, Armando; Pessoa, Lorenny

Fotografia
Direção de fotografia: Rosa, José
Câmera: Borges, Hilton; Tavares, Custódio; Santos, Jorge dos

Som
Direção de som: Vianna, Aloísio; Granjeiro, Luiz

Montagem
Montagem: Valverde, Rafael Justo; Erita, Lúcia

Direção de arte
Cenografia: Cajado Filho

Dados adicionais de direção de arte
Contra-regra/acessórios de cenografia: Silva, Vinícius
Maquiagem: Marques, Gilberto; Abreu, Luiz

Dados adicionais de música
Música de: Negrão, João

Identidades/elenco:
Valadão, Jece
Glória, Darlene
Patiño, Antonio
Ghessa, Rossana
Rossi, Ítalo
Gonçalves, Milton
Vilar, Milton
Cabral, Sadi
Cardoso, Iolanda
Grey, Wilson
Monteiro, Armando
Fregolente
Dantas, Jefferson
Maia, Jorge
Copacabana, Paulo
Luna, Ricardo
Cherques, Laura
San, Dany
Participação especial:
Jardel Filho
Vianna, Vera

Conteúdo examinado: S
Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
SCP/HICB
FR-LFM/ECB
Diário da Noite, 03.05.1966
Site, Ancine, disponível em: http://sad.ancine.gov.br/obrasnaopublicitarias/pesquisarCpbViaPortal/pesquisarCpbViaPortal.seam, acesso em: 20.02.2018.
Observações:
O Certificado de Censura Federal 28086 informa que o filme sofreu cortes ''nas cenas onde um jovem aparece semi-nú'' e ''onde o bandido e sua amante aparecem em colóquio amoroso na alcova''.
ACPJ/I acrescenta <Lima, Victor> como argumentista; <Vieira, Adalberto> como gerente de produção; <Santos, Jorge> como câmera; <Pessoa, Loreny> como assistente de câmera; <Viana, Alberto> em sonografia; <Cajado Filho> em cenografia; e no elenco <Vieira, Adalberto>, <Viana, Vera>, <Galante, Laura>, <Cherques, Laura>, <Monteiro, Armando>, <Dantas, Jeferson>, <Costa, Cicero>, <Doria, Jorge>, <Vilar, Milton>, <Karr, Lawrence> e <Orla, Ted>.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa avançada   
Pesquisar por : Pesquisa simples   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH powered by WWWISIS