Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=003386 []
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
DONA FLOR E SEUS DOIS MARIDOS

Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, COR, 118min, 3.236m, 24q, Eastmancolor

Data e local de produção
Ano: 1976
País: BR
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: RJ


Certificados
Censura Federal 91.324, censurado para menores de 18 anos.Número do processo de entrada no Concine 057/76.
Data e local de lançamento
Data: 1976.11.22
Local: São Paulo
Sala(s): Ipiranga, Art-São Paulo, Cinespacial, Astor e Belas Artes (Sala Villa Lobos)


Circuito exibidor
Exibido no Rio de Janeiro a 16.12.1976.
Exibido no Paris Theatre de Nova York em 1978.
Exibido em São Paulo a 23.02.1978, no Metro 2, no Coral 1, no Guarujá, no Gemini 1 e no mesmo mês no Avenida, no Senador, no Ouro Verde, no Vitória II e em Santos no Praia Palace.
Lançado a 03.08.1977 em Paris em dez cinemas, com contrato de exibição por pelo menos seis semanas.
Sinopse
"Na madruga de domingo de Carnaval em 1943, em Salvador, um grupo de foliões está sentado na calçada de um bar cantando e bebendo. Olham para uma mulata e vão até ela, e começam a dançar. Após um tempo um deles cai morto no chão, é Vadinho. Após o enterro, Flor, a viúva, relembra seu casamento. Vadinho se mostra um típico malandro com compulsão pelo jogo. Sai todos os dias com amigos para jogar e beber, e quase sempre chega em casa bêbado na manhã seguinte. Algumas vezes Flor o encontra jogado na calçada. Pede dinheiro emprestado para todo mundo e adquire muitas dívidas, e certa vez chega a bater em Flor pelo fato de ela se negar a lhe emprestar algum. Além disso tem muitas amantes. Apesar de não ser um marido exemplar, Flor gosta muito dele e sente muito sua falta quando ele morre. Para ela, Vadinho era um ótimo amante. Com o tempo, Flor vai deixando o sofrimento de lado e vai retomando a sua rotina, começa a se vestir melhor e a sair mais de casa. Um dia recebe uma carta e acaba descobrindo que o farmacêutico, dr. Teodoro, está apaixonado por ela. Decide se casar com ele. Ela vive bem ao lado do marido, mas algumas vezes se sente agoniada. Um dia começa a receber visitas do fantasma de Vadinho que se insinua para ela. No início, Flor resiste e até decide recorrer a um pai-de-santo para mandar Vadinho embora, mas ela se arrepende logo em seguida e o chama de volta desesperada. A partir daí Vadinho passa a dividir as atenções de sua viúva com dr. Teodoro." (Resumo da cópia)
Gênero
Comédia
Termos descritores
Literatura; Carnaval; Morte; Casamento; Jogo; Esoterismo; Religião; Alimentação
Descritores secundários
Adaptação para cinema; Fantasma
Termos geográficos
Salvador - BA
Prêmios
Prêmio Especial do Júri no Festival de Taormina, 1977 - IT..
Melhor Ator para Mendonça, Mauro, Melhor Trilha Sonora para Hime, Francis e Prêmio Especial de Melhor Cenografia para Medeiros, Anísio no Festival de Gramado, 5, 1977, RS..
Melhor Ator para Mendonça, Mauro no Prêmio Air France de Cinema, 10, 1976, RJ..
Prêmio Coruja de Ouro, 1977, do INC - Instituto Nacional de Cinema..
Prêmio Adicional de Qualidade, 1976 - INC
Produção
Companhia(s) produtora(s): Produções Cinematográficas L. C. Barreto Ltda.
Companhia(s) produtora(s) associada(s): Triângulo Filmes; Companhia Serrador
Produção: Barreto, Luís Carlos; Rique, Newton
Direção de produção: Souza, Ivan de; Escalero, José Carlos
Produção executiva: Sesso, Paulo Cezar
Produtor associado: Sesso, Paulo Cezar; Porto, Nelson
Assistência de produção: Gomes, Tharya Costalonga; Costa, Osmar; Moraes, José Eduardo; Santos Filho, Antonio Olavo dos; Barreto, Fábio

Produção - Dados adicionais
Financimento/patrocínio: Banco Nacional; Banco Econômico S.A.; Banco América do Sul
Secretaria de produção:
Coordenação de produção: Barreto, Lucy
Transporte: Medeiros, Reinaldo; Carvalho, Antonio; Roberto, Paulo; Ribeiro, Oswaldo; Kalili

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): Embrafilme - Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Argumento/roteiro
Roteiro: Barreto; Serran, Leopoldo; Coutinho, Eduardo
Adaptação: Coutinho, Eduardo; Serran, Leopoldo

Estória: Baseada no romance Dona Flor e seus dois maridos de <Amado, Jorge>

Direção
Direção: Barreto, Bruno
Assistência de direção: Duran, Jorge; Ribeiro, Emiliano
Continuidade: Moreiras, Silvia de Souza

Fotografia
Direção de fotografia: Salles, Murilo
Assistência de câmera: Mendes, Antonio Luiz; Moreiras, Antonio; Dutra; Medeiros, Newton
Fotografia de cena: Gandelman, Leonardo

Dados adicionais de fotografia
Eletricista: Guimarães, Jadeyr; Silva, Ademar da; Galvão, Regis; Telles, Haroldo
Maquinista: Estevão, Moacyr; Pinheiro, José

Som
Direção de som: Raposeiro, Vitor; Melo, Roberto
Técnico de som: Santos, Antônio Cezar da Silva
Som direto: Goulart, Walter
Efeitos especiais de som: José, Geraldo

Dados adicionais de som
Ruídos de sala: Goulart, Walter
Som guia: Cezar, Antonio
Técnico de mixagem: Rapozeiro, Vitor
Técnico de dublagem: Melo, Roberto

Montagem
Montagem: Higino, Raimundo
Assistente de montagem: Lima, Sergio Santos da Silva

Direção de arte
Figurinos: Medeiros, Anísio
Guarda-roupa: Fonseca, Antonia Machado; Saldanha, Edméia Nobre Rodrigues
Cenografia: Medeiros, Anísio
Títulos de apresentação: Nero, Cyro Del; Bohm, Rudi

Dados adicionais de direção de arte
Assistencia de cenografia: Chada, Paulo Sergio de Jesus
Contra-regra/acessórios de cenografia: Almeida, Henrique; Costa, Osmar
Cabelereiro: Monteiro, Jaque Jorge de Jordão
Maquiagem: Monteiro, Jaque Jorge de Jordão
Assistência de maquiagem: Alves, Gisélia

Música
Arranjos musicais: Hime, Francis
Música original: Hime, Francis
Música-tema: Holanda, Chico Buarque de

Canção
Título: Que será, que será?
Autor da canção: Holanda, Chico Buarque de
Intérprete: Simone

Identidades/elenco:
Braga, Sônia (Dona Flor)
Wilker, José (Vadinho)
Mendonça, Mauro (Teodoro)
Xavier, Nelson (Mirandão)
Dantas, Nelson (Clodoaldo)
Resende, Rui (Cazuza)
Gusmão, Mário (Arigof)
Linhares, Haydil (Norma)
Spencer, Nilda (Dinorá)
Costa Filho, Arthur (Carlinhos)
Ary, Hélio (Venceslau Diniz)
Brillanti, Dinoran (Rozilda)
Rubia, Mara (Claudete)
Dantas, Francisco (Argemiro)
Magna, Lícia (Filó)
Moyano, Martha (Amália)
Anderson, Martha (Mirabel)
Lago, Bety (Didi)
Real, Dita Corte (Inácia)
Freire, Álvaro (Prof. Silvério)
Cadaval, Sílvia (Jacy)
Santos, Francisco (D. Venâncio)
Coimbra, Lourdes (Dionísia)
Rogério, Heliane (Tavinha)
Ribeiro, Sue (Magnólia)
Mello, Wilson (Vivaldo)
Gama, João (Moreira)
Ferreira, Jurandir (Emilio Veiga)
Colassanti, Manfredo (Pelanchi)
Ganzarolli, Antonio (Dedinho)
Mamberti, Cláudio (Bicha Castelo)
Ribeiro, Ivanilda (Sofia)
Miguelão (Paranaguá Ventura)
Menezes, Joaquim (Comendador)
Ribeiro, Orlanita (Florista)
Victor, Antonio (Antiógenes)
Ribeiro, José (Pai Gerônimo)
Gigi (Comadre Velório)
Anão, Zé (Anão)
Lopes, Heleno (Croupier)

Conteúdo examinado: S
Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Press-release
Guia de Filmes, 64
Embrafilme/FIFLM
CB/FIBRA
O Estado de S. Paulo, 21.11.1976, p. 42
CCSP/LMP
Correio Braziliense, 29.07.1978
Folha de S. Paulo, 23.02.1978, p. 41
Jornal do Brasil, 16.07.1977, coluna de Zózimo B. do Amaral
Embrafilme/Catálogo 1986
Fontes consultadas:
ACPJ/II
MA/CFCCM
ALSN/DFB-LM
Jornal do Brasil, 23.08.1997, Caderno B, p. 3
Observações:
MA/CFCCM informa que o filme figurou em 3§ lugar na lista "As 10 maiores rendas de filmes nacionais em 1976"; figurou em 3§ lugar na lista "As 10 maiores rendas do filme nacional no período de 06 anos (de julho de 1970 a dezembro de 1976)"; figurou em 1§ lugar na lista "As 10 maiores rendas do filme nacional no período de julho de 1970 a junho de 1977", com renda de Cr$ 65.567.483,10 e com 7.591.693 espectadores.
Jornal do Brasil de 20.10.1997 indica que o filme "voltará às telas do Rio de Janeiro, com as cenas cortadas pela censura na versão original, em comemoração aos 20 anos de lançamento."
ACPJ/II indica as canções: "<Maria Bonita>" de <Lara, Agostinho>; "<Noite cheia de estrelas>" de <Neves, Cândido>; "<Quindins de Yayá>" de <Barroso, Ary>; "<Viúva alegre>" de <Lehar, Franz> e acrescenta ao elenco <João, Maria>; <Faria, Bete>; <Nogueira, Olívia>; <Falkemburg, Silvia> e <Carrano, Miguel>.
ALSN/DFB-LM indica: produtor: <Barreto, Carlos Luiz>; câmera <Sales, Murillo>; títulos <Bohn, Rudi>; companhia produtora <Companhia Serrador>. Grafa os nomes dos atores <Brilhante, Dinorah>, <Rezende, Ruy>, <Anderson, Marta>, <Linhares, Haidée>, <Moyano, Marta>, <Ganzarolli, Antônio>, <Lago, Beth>.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa avançada   
Pesquisar por : Pesquisa simples   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH powered by WWWISIS