Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=003259 []
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
Fotos
Cartaz
XICA DA SILVA

Outras remetências de título:
CHICA DA SILVA
Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, COR, 114min31seg, 3.140m, 24q, Eastmancolor

Data e local de produção
Ano: 1976
Início: 1974.08.00
Final: 1976.06.00
Início de filmagem: 1975.01.00
País: BR
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: RJ


Data e local de lançamento
Data: 1976.09.06; 1976.09.06
Local: Rio de Janeiro; São Paulo


Sinopse
Na segunda metade do século XVIII, a Coroa Portuguesa institui para o distrito Diamantino um sistema de Contratos que garantia o monopólio da extração de pedras preciosas a um capitalista português escolhido pelo rei. O mais famoso desses contratadores foi João Fernandes de Oliveira que, tendo implantado sistemas modernos e eficazes, acabou por descobrir lavras riquíssimas nos rios e nas montanhas da região. Sua imensa fortuna, maior talvez que a própria Coroa, começou a se tornar incômodo para Lisboa. Por essa época, pouco antes da Inconfidência Mineira, sopros de rebelião se espalhavam pelas províncias da Colônia e o gérmen da independência começava a impregnar o sangue de alguns brasileiros, como José, filho do sargento-mór, que vai para Vila Rica defender suas idéias políticas . Mas o que mais escandalizou a Corte Portuguesa foi a ascensão, no bojo dessa prosperidade perigosa, de uma verdadeira rainha negra, uma ex-escrava a quem João Fernandes se juntara por amor: Xica da Silva. Em breve, Xica domina tudo e dita a política, a moda e a economia da região, vingando-se das humilhações sofridas quando ainda era escrava e mesmo depois que foi alforriada. Mas as extravagâncias de Xica, sustentadas por João Fernandes, acabam chamando a atenção da Corte que envia um Fiscal, o Conde de Valadares. Com a chegada do Conde, a vida do casal se torna um inferno. O contratador é destituído do cargo e deportado para Portugal, deixando Xica sozinha contra uma cidade que se volta contra a ex-escrava. (Baseado em CB/Transcrição de letreiros e Press-book)
Gênero
Comédia
Termos descritores
História; Literatura; Extrativismo; Nobreza; Negro; Economia; Política; Moda
Descritores secundários
Adaptação para cinema; Brasil Colonial; Ouro; Diamante; Escravo; Economia; Igreja
Termos geográficos
Diamantina - MG
Prêmios
Melhor filme; Melhor direção e Melhor atriz para Motta, Zezé no Festival de Brasília, 9, 1976, Brasília - DF..
Melhor filme; Melhor diretor; Melhor atriz para Motta, Zezé, no Prêmio Air France de Cinema, 10, 1976, RJ..
Prêmio Governador do Estado de São Paulo, 1977, SP, de Melhor atriz e Melhor montagem..
Prêmio Coruja de Ouro, 1976, do INC - Instituto Nacional de Cinema de Melhor atriz para Motta, Zezé, Melhor atriz coadjuvante para Maravilha, Elke, Melhor fotografia e Melhor coreografia.
Produção
Companhia(s) produtora(s): J.B. Produções Cinematográficas Ltda.; Distrifilmes Ltda.
Companhia(s) co-produtora(s): Embrafilme - Empresa Brasileira de Filmes S.A.
Companhia(s) produtora(s) associada(s): Terra Filmes
Produção: Barbosa, Jarbas

Produção - Dados adicionais
Equipe de produção: Oliosi, José; Correa, Airton; Oliveira, Rubio de; Barão, Helio; Felipe, Luis; Martins, Francisco; Mota, João F.; Jorge, Super

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): Embrafilme - Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Argumento/roteiro
Argumento: Diegues, Carlos; Santos, João Felício
Roteiro: Diegues, Carlos; Santos, João Felicio dos

Estória: Baseada no romance <Memórias do distrito de Diamantina> de <Santos, João Felício dos>

Direção
Direção: Diegues, Carlos
Diretor assistente: Almeida, Paulo Sérgio
Continuidade: Borges, Ana
Coreografia: Silva, Marlene

Fotografia
Direção de fotografia: Medeiros, José
Câmera: Medeiros, José
Assistência de câmera: Dutra
Fotografia de cena: Medeiros, Rui

Dados adicionais de fotografia
Eletricista: Adhemar
Maquinista: Azevedo, Joaquim

Som
Mixagem: Raposeiro, Vitor
Direção de dublagem: Silva, Edson

Dados adicionais de som
Efeitos sonoros: Saldanha, Luiz Carlos; Cesar, Antonio

Montagem
Montagem: Tavares, Mair
Edição: Tavares, Mair
Assistente de montagem: Brajsblat, Carlos

Direção de arte
Figurinos: Ripper, Luis Carlos
Cenografia: Ripper, Luis Carlos
Letreiros: Richter, Rubens; Bohm, Rudi

Dados adicionais de direção de arte
Assistencia de cenografia: Leão, Beto
Cabelereiro: Prieto, Carlos
Maquiagem: Prieto, Carlos
Assistência de figurino: Silveira, Sergio

Música
Música: Menescal, Roberto; Ben, Jorge

Canção
Título: Xica da Silva
Autor da canção: Ben, Jorge
Autor da música da canção: Ben, Jorge
Intérprete: Ben, Jorge;

Instrumentista: Milito, Hélcio - percussão

Intérprete: Motta, Zezé - cantos populares

Locação: Diamantina - MG
Identidades/elenco:
Motta, Zezé (Xica da Silva)
Chagas, Walmor (João Fernandes de Oliveira)
Lima, Altair (Intendente)
Maravilha, Elke (Hortênsia)
Nercessian, Stepan (José)
Arena, Rodolfo (Sargento-Mór)
Wilker, José (Conde Valadares)
Vinicius, Marcus (Teodoro)
Santos, João Felicio dos (Padre)
Kocy, Dara (Zefina)
Silva, Adalberto (Cabeça)
Mackenzie, Julio (Raimundo)
Leão, Beto (Mathias)
Motta, Luis (Taverneiro)
Padilha, Paulo (Ourives)
Conceição, Baby (Figena)
Jati, Iara (Tonha)
Felipe, Luis (Major)
Patu, Alberto (Garimpeiro)
Barbosa, Derly (Tropeiro)
Paulão (Mucamo)
Pompeo (Mucamo)
Jorginho (Mucamo)
Alzira (Mucama)
Glória (Mucama)
Graça (Mucama)
Isabel (Mucama)
Marisa (Mucama)
Mila (Mucama)
Nilva (Mucama)
Rute (Mucama)
Selma (Mucama)
Wanda (Mucama)

Conteúdo examinado: S
Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CB/EMB-110.1-00075
CB/EMB-110.2-00979
Press-book
Press-release
FBR/9
Fontes consultadas:
Guia de Filmes, 64
FBR/16
ACPJ/II
MA/CFCCM
CA/AF
ALSN/DFB-LM
Observações:
O Prees-book informa que o filme custou "(...) pouco mais de 2 milhões de cruzeiros."
MA/CFCCM informa: "Figura em 3§ lugar na lista 'As 10 melhores rendas do filme nacional no período de julho de 1970 a junho de 1977, com a renda de Cr$ 18.875.658, 10 e com 2.338.289 espectadores."
ACPJ/II acrescenta: texto <Callado, Antonio>; redação <Vasconcellos, Agripa>; no elenco <Ferreira, Toni> e <Kelé, Clementino>; escritos <Meireles, Cecília>.
Guia de Filmes 64 informa que o filme estreou em São Paulo em 4 salas lançadoras e em 5 no Rio de Janeiro.
ALSN/DFB-LM indica 117 minutos de duração.
Exibido dia 21.07.1976 no <Festival de Brasília, 9, 1976>, Brasília - DF.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa avançada   
Pesquisar por : Pesquisa simples   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH powered by WWWISIS