Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=009372
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
Cartaz
CLEO E DANIEL
Categorias
Longa-metragem / Sonoro / Ficção

Material original
35mm, BP, 104min, 2.470m, 24q

Data e local de produção
Ano: 1970
País: BR
Cidade: São Paulo
Estado: SP


Certificados
Censura 18 anos.
Data e local de lançamento
Data: 1970.10.01
Local: São Paulo


Sinopse
O psicanalista Rudolf examina dois corpos envoltos num lençol branco no meio da rua, sob os olhares de curiosos. A jovem Cleo é levada pela mãe ao consultório do Dr. Rudolf, onde ela conta da sua vida e do amor não correspondido que sente por Daniel, o rapaz mais bonito que ela diz já ter conhecido. Num parque público, o introspectivo Daniel é avisado pelo amigo Marcus que ele foi reprovado na escola por faltas. Também ganha dele um vidro de pílulas. Entre os amigos e clientes que a cafetina francesa Gaby recebe no bordel Bar dos Viajantes, estão Rudolf e seu amigo, o negro Benjamin que revela estar com câncer. Os pais de Cleo discutem sobre a filha, cuja sanidade mental o dr. Rudolf lhes afirmou ser total. Depois de muita farra, Cleo dorme com Marcus mas observa, melancólica, o casal do lado: uma amiga sua fazendo amor com Daniel. Sem recursos para continuar com os remédios de seu tratamento psiquiátrico, Daniel desabafa com os seus pais, e resolve se consultar com o Dr. Rudolf, indicado por Marcus, com o objetivo de obter receitas, dizendo-se viciado em psicotrópicos. No bar de Gaby, Benjamin pede para que seu livro seja publicado após a sua morte. Rudolf examina os manuscritos originais e se emociona. Após encontrar Cleo e Daniel numa discoteca, Rudolf os leva até o hospital onde Benjamin está à beira da morte. Chocados, os dois saem perdidos pela noite. Em casa, Cleo encontra o pai dormindo e a mãe fora com as amigas. Por sua vez, Daniel chega em casa alterado e, não conseguindo ser dominado pelo pai, surta e começa a quebrar o telhado, de onde só desce, em camisa de força, pelas mãos dos enfermeiros. Numa visita ao sanatório onde Daniel recebia injeções e eletrochoques, Rudolf o ajuda a escapulir. Depois de ser assediada por Rudolf no seu consultório, Cleo sai vagando pelas ruas da cidade de São Paulo, chamando por Daniel. Os dois se encontram, por acaso, e passam a noite juntos, num quarto do bar de Gaby. Marcus confessa que ama Daniel, numa conversa com Rudolf. Este, por sua vez, assume que usa as pessoas como cobaias, inclusive Cleo e Daniel. Após invadirem um retiro religioso cercado pela natureza, onde se banham numa cascata, observados por padres, o jovem casal retorna à casa de Rudolf para pegarem mais barbitúricos. Marcus telefona exigindo a presença de Rudolf, que ao chegar encontra Cleo e Daniel no meio da rua, mortos, com os corpos nus envoltos num lençol, cercados pela multidão.
Gênero
Drama
Termos descritores
Literatura; Psicologia; Juventude; Tóxico
Descritores secundários
Adaptação para cinema
Produção
Companhia(s) produtora(s): Produx; Wallfilme
Produção: Barros, Fernando de
Produção executiva: Miranda, Alberto
Assistência de produção: Santos, Samuel dos; Llorente, Eduardo; Vilela, Clyton

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): Cinedistri Ltda.

Argumento/roteiro
Argumento: Freire, Roberto; Pereira, Humberto
Roteiro: Freire, Roberto; Pereira, Humberto
Diálogos: Freire, Roberto; Pereira, Humberto

Estória: Baseada no romance <Cléo e Daniel> de <Freire, Roberto>

Direção
Direção: Freire, Roberto
Assistência de direção: Pereira, Humberto; Santos, Jorge; Ferreira, Ademir
Continuidade: Cunha, Rui Rocha

Fotografia
Direção de fotografia: Icsey, Rudolf
Câmera: Galvez, Antonio Garcia; Zamuner, Pio
Assistência de câmera: Reis, Waldomiro; Lacerda, Eduardo
Fotografia de cena: Lacerda, Eduardo; Yoshioka, Hiroto

Dados adicionais de fotografia
Eletricista: Aguiar, Wagner; Aguiar, Edy
Maquinista: Neves, Jaime; Cardoso, Dick M.

Som
Técnico de som: Vital, Antonio; Nani, Raul

Montagem
Montagem: Barro, Máximo
Assistente de montagem: Santos, Jorge

Direção de arte
Figurinos: Ferrara, José Armando
Cenografia: Ferrara, José Armando

Dados adicionais de direção de arte
Assistencia de cenografia: Neumark, Freidi; Amadei, Yolanda; Silva, Darcy
Decoração: Borges, Itamar
Maquiagem: Garibotti, Edgard; Silva, Darcy

Música
Música: Holanda, Chico Buarque de
Direção musical: Duprat, Rogério

Dados adicionais de música
Título da música: Adágio para arco e órgão;
Música de: Albinoni;
Intérprete(s): Toquinho;

Título da música: Tema da festa;
Música de: Duprat, Rogério e O Bando;
Intérprete(s): O Bando

Título da música: Daphnis e Chloé
Música de: Ravel

Instrumentista: Toquinho

Identidades/elenco:
Herbert, John (Rudolf Flügel)
Stefânia, Irene (Cléo)
Aragão, Chico (Daniel)
Santiago, Rodrigo (Marcus)
Costa, Haroldo (Benjamin)
Muniz, Myriam (Gaby)
Rocha, Silvio (Pai de Daniel)
Balerone, Fernando (Pai de Cleo)
Segal, Beatriz (Mãe de Cleo)
Leite, Ferreira (Júlio)
Braga, Sonia (Sandra)
Zilber, Silvio (Médico do sanatório)
Carlo, Walter (Homem dos guizos)
Weiss, Arnaldo (Assessor do cardeal)
Castro, Peirão de (Delegado)
Moreira, Glória (Frequentadora do Bar-Viajantes)
Mota, Zezé (Frequentadora do Bar-Viajantes)
Mar, Vivien (Frequentadora do Bar-Viajantes)
Cuña, Eudósia A. (Frequentadora do Bar-Viajantes)
Tereza, Irene (Frequentadora do Bar-Viajantes)
Djanira (Frequentadora do Bar-Viajantes)
Santos, Tereza (Frequentadora do Bar-Viajantes)
Gauss, Ida
Participação especial:
Abramo, Lélia (Mãe de Daniel)
Cabral, Sady(Cardeal)

Conteúdo examinado: S
Fontes utilizadas:
Material examinado
Guia de Filmes, 30
Press-release
Fontes consultadas:
ACPJ/II
Jornal do Brasil, s.d.
ALSN/DFB-LM
Observações:
Guia de Filmes 30 indica tratar-se o filme de estréia de <Freire, Roberto>, baseado em obra literária sua, editada em 1966; informa ainda que <Freire, Roberto> tentou adaptar sua novela com o diretor <Guerra, Ruy>, mas o projeto foi cancelado, retomando-o depois, realizando sete adaptações antes da definitiva; o tema, segundo o autor, se inspira na estória grega de Daphnis e Chloe, narrada no século V a.C.
ACPJ/II indica o gerente <Santos, Samuel>; o assistente <Ferreira, Ademir>; o ajudante <Llorente, Eduardo>; assistência de câmera de <Zamuner, Pio>; assistência de sonografia de <Nanni, Raul>; o assistente de eletricista <Aguiar, Wagner>; o assistente de maquinista <Cardoso, Dick M.>; assistência de decoração de <Vilela, Cliton>; assistência de montagem de <Reis, Waldomiro> e no elenco <Rosa, Marcia>.
Numa cena de multidão, o ator <Hingst, Sérgio> faz uma pequena participação (não creditada).
ALSN/DFB-LM indica duração de 90 minutos.
Outras fontes grafam os nomes de Beatriz Segal como <Segall, Beatriz>; Vivien Mar como <Mahr, Vivien>; Irene Tereza como <Teresa, Irene> e Eudísia A. Cuña como <Acuna, Eudósia>.




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa simples   
Pesquisa avançada
 
  Entre uma ou mais palavras
    
  Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)
 



Search engine: iAH powered by WWWISIS