Base de dados : FILMOGRAFIA
Pesquisa : ID=002612
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Completo]

página 1 de 1


   1 / 1
seleciona
Fotos
A GIGOLETTE
Categorias
Longa-metragem / Silencioso / Ficção

Material original
35mm, BP, 16q

Data e local de produção
Ano: 1924
País: BR
Cidade: Rio de Janeiro
Estado: DF


Data e local de lançamento
Data: 1924.06.04
Local: Rio de Janeiro
Sala(s): Odeon


Circuito exibidor
Exibido no Rio de Janeiro a 12 e 13.06.1924, no Paris; a 19 e 26.06, no Atlântico; a 21 e 22.06, no Boulevard; a 23 e 24.06, no Brasil; a 26 e 27.06, no Meier; a 28 e 29.06, no Politeama; a 30.06 e 01.07, no Ramos; a 02.07, no Penha; a 03 e 04.07, no América; a 05 e 06.07, no Centenário; a 10 e 11.07, no Engenho de Dentro; a 12 e 13.07, no Guarani; de 14 a 16.07, no Central e de 17 a 18.07, no Mundial.
Exibido em São Paulo a 21 e 22.01.1925, no República; a 23.01, no Triângulo; a 24.01, no Avenida; a 25.01, no Marconi; a 26.01, no Rio Branco; a 27.01, no São Pedro; a 28.01, no Congresso; a 30.01, no Pathé; a 02.02, no Olímpia; a 03.02, no Marconi; a 04.02, no Espéria; a 06.02, no Paraíso; a 18.02, no Mafalda; a 21.02, no Bom Retiro; a 03.03, no Moderno; a 27.03, no Fênix; a 18 e 19.03.1930, no Cambuci e a 22.03.1930, no América.
Exibido em Fortaleza a 08.03.1925, no Moderno e no Cine-Theatro Majestic-Palace
Sinopse
Numa casa modesta viviam um pescador, sua mulher Maria, lavadeira com quem tinha se casado em segundas núpcias, o filho apelidado de Chutinho e a filha jovem do primeiro casamento, Liz. Ela era louca por carnaval, dando, por isso, muitas preocupações ao casal. Mas não deixava de ajudar a mãe no seu labor de lavar, passar e entregar a roupa pela vizinhança.
Entre os fregueses de D. Maria havia um médico, o Dr. Elzeman, que tinha muita simpatia por Liz. Esta preferia, no entanto, dedicar seu encanto ao boêmio e estróina Álvaro.
Álvaro já havia arquitetado um plano maquiavélico: para o carnaval pretendia divertir-se com ela vestindo-a de gigolete e ele de apache. Liz aceita e na terça-feira veste sua fantasia e parte com Álvaro para os bailes, embriagando-se nos eflúvios dos lança-perfumes "Rodo" e "Vian".
Na casa do pescador, depois de um dia de trabalho infrutífero, ele recebe a visita de um credor violento. Os dois discutem, brigam e o pescador acaba preso pela polícia.
Enquanto isso Liz divertia-se e a certa altura Álvaro afasta-se com ela para a praia, onde, tonta de champagne e de dança, ela perde a consciência. Quando acordou estava só. Desesperada corre à casa de Álvaro mas este viajara para o norte. Andava desnorteada quando se encontrou com Maneco, criado do Dr. Elzeman. Maneco a leva à casa do Doutor e Liz conta toda a sua desgraça. O médico que era afeiçoado da jovem resolve protegê-la.
O pai de Liz a procurava por todos os lados pronto a cometer uma desgraça para lavar a honra da sua família. O Dr. Elzeman então propõe casamento a Liz que aceita, e vai em busca do velho pescador para convencê-lo. Os dois casam-se e mesmo o filho gerado daquele ato nefando não veio empanar a felicidade do casal. Um dia Álvaro aparece para reaver o filho sendo, porém, escorraçado. (Resumo a partir da estória publicada em Selecta, 31.05.1924, p. 15-7)
Gênero
Drama
Produção
Companhia(s) produtora(s): Benedetti Filme
Produção: Benedetti, Paulo

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): Empresa Brasileira de Filmes Serrador e Cia.

Argumento/roteiro
Argumento: Verga, Vittorio


Direção
Direção: Verga, Vittorio

Fotografia
Operador: Benedetti, Paulo

Direção de arte
Cenografia: Loureiro, José

Locação: Rio de Janeiro - DF
Identidades/elenco:
Oliveira, Amélia de (Liz)
Costa, Jaime (Álvaro)
Aníbal, Augusto (Maneco)
Oliveira, Artur de (Dr. Elzeman)
Simi, Leonel
Grillo, Maria
Brasão, Eugenia
Arrisagna, M.
Simi, Adelina (Negra que samba)
Zanatti, Celia
Oliveira Jr., Artur de
Loureiro, José

Conteúdo examinado: N
Fontes utilizadas:
AV/FF
JCB/OESP
Selecta
ABL/FEC, p.493
FAAP/site, (http://www.faap.br/destaques/gigolette/gigolette.htm), acessado em 17.08.2004.
Fontes consultadas:
AV/ICB
CS/FCB
MRG/PB
ACPJ/I
JRT/MPTC
Cinearte
EOQ/ASM
Observações:
5 ou 6 partes.
As cenas de dança foram sincronizadas pelo processo de cinemetrofonia, desenvolvido por Paulo Benedetti.
<Simi, Adelina> era o pseudônimo de <Castro, Adele Simi de>, segundo Pedro Lima.
Fotografias: Selecta, 31.05.1924; Cinearte, 15.11.1935 e 15.07.1936 e A Scena Muda, 22.05.1924.
Cine-romance publicado em A Scena Muda, n. 165, 22.05.1924.
Comentário sobre o filme em Selecta, 14.06.1924, p. 11.
CS/FCB considera <Verga, Vittorio> produtor da fita.
ACPJ/I inclui no elenco <Fúlgida, Aurora> e <Pinto, Teixeira>. Cinearte, 16.01.1929 acrescenta ao elenco <Vale, Luiza del>.
A <Faculdade de Comunicação da FAAP> - <FACOM> adquiriu há cerca de 9 anos, de um comerciante carioca, o filme <GIGOLETTE>, produzido pelo italiano <Benedetti, Paolo>,chegando "sem condições de projeção e em estado inicial de decomposição". O fragmento de 3 minutos foi restaurado "através de trucagem" e já se encontra em condições de ser exibido. "Todo esse processo de reconstrução da obra vai originar um documentário educativo sobre o trabalho de restauração no cinema. Realizado pela FAAP e filmado em 35mm, o documentário terá duração de 15 minutos." O trabalho de recuperação foi "conduzido pela Faculdade de Comunicação, através dos professores <Barro, Máximo> e <Lopes Filho, Eliseu>".




página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Pesquisa simples   
Pesquisa avançada
 
  Entre uma ou mais palavras
    
  Todas as palavras (AND)    Qualquer palavra (OR)
 



Search engine: iAH powered by WWWISIS